O MUNDO DEU UMA SORTE DANADA QUANDO FOI DESCOBERTA A CRISE DAS HIPOTECAS NOS EUA EM 2008

03 03 2020 – NO PLENO EXERCÍCIO DA NOBREZA, A ECONOMIA DE MERCADO FUNCIONAVA COMO UMA NOTA DE DESEMPENHO PARA OS QUE QUERIAM INGRESSAR NO PRIMEIRO MUNDO.

Fluidos de interatividade com as mudanças dos novos tempos. Quem comunica a vida o faz com a eternidade.

#COLUNAEDITORIALPRONTANÁLISE, >>> #MIDIÁTICOSENSORIAL: #UNIÃODOSJORNALISTASSEMFRONTEIRAS >>> #CRÍTICASEMCRÍTICAS >>> #CHACATTISTADADOTA >>> #DiaDbrasileiroESTÁchegando >>> #TERRABRASILISseráredescoberta

https://wp.me/p31Lbb-1yF

TEMPOS DE DEPURAÇÃO DAS VERDADES (7) – POR QUE O MUNDO PERDEU AS BÚSSOLAS?

Fluidos de interatividade com as mudanças dos novos tempos. Quem comunica a vida o faz com a eternidade.

Quando a Crise das Hipotecas foi descoberta, não foi só a própria economia de mercado da época que estava se burlando ou sendo burlada, mas todo o escopo de formação da sociedade mundial que copiava o jeito americano de viver.

Mesmo que a economia mundial estivesse sendo destruída pelo monstro ovacionado como “livre mercado”, quando tudo ocorria ou no calor do desespero, jamais a imprensa americana prestou qualquer ajuda de esclarecimento aos consumidores e investidores. A  crise encoberta (2007) é pior que a descoberta (2008), imediatamente, quando ocorre, se transforma em solução. Crise descoberta já é a solução e foi o que realmente aconteceu. Em termos do mercado de ações, só depois que os grandes investidores americanos venderam tudo que tinha para vender é que a massificou as notícias. Em 2007, quando o pau comia solto, todo mundo ficou calado. Sobre a bolsa brasileira, falaremos na próxima postagem.

Se a imprensa tivesse dado mais crédito ao economista norte-americano Nouriel Roubini, que previu a Crise das Hipotecas/2008, muitas perdas financeiras e patrimoniais teriam sido evitadas.

1 – A ECONOMIA DE MERCADO ERA A VESTIMENTA LUXUOSA DO LIVRE MERCADO:

UMA ESPÉCIE DE CASACA DOS DEUSES TODA SALPICADA BRILHANTES.

Até hoje o termo economia de mercado é muito utilizado. Ou seja, é a parte que sobrou para definir o Estado moderno que sabe qual é o seu papel e como medir sua interferência sobre o setor privado.

Deixamos claro que não queremos enterrar o termo economia de mercado e inaugurar a economia globalizante em competição achamos sim que esse escopo institucional de governança deva ser mais moderno, fidedigno, equilibrado e democrático para fazer parte durável do desenvolvimento econômico e social. Inclusive, a própria União Europeia e os EUA já trataram de colocar um freio no excesso de liberdade dos empresários, nas alavancagens e no trato dos capitais circulantes. Apesar de que no Brasil a coisa tenha corrido solta.

A economia de mercado nada mais era que um conjunto de regras para se comportar e ser um agente atuante do “livre mercado” que em síntese foi o causador da crise das hipotecas.

Chegaram até a definir que a economia de mercado era um “sistema econômico” cujos  agentes, empresas, bancos e prestadores de serviços atuavam nos mercados com pouca interferência dos governos. Coisa típica da economia capitalista atuante, tecnológica, sem tempo e que se definia no modernismo pela boa capacidade de gerenciamento do rápido e objetivo. Pois é, deu no que deu! Roubo derivado de roubo em progressão geométrica. O Ronald Reagan classificava a malandra alavancagem como mágica da multiplicação, ou coisa parecida. Os burocratas foram desbancados. Deu no que deu, empresário livre, Estado ofuscado, corrompido e atrasado. Uma história que foi enterrada nos porões do capitalismo.

País moderno era o que permitia a economia de livre mercado ou economia de mercado ou sistema da livre iniciativa. Nessa idealização, todas as ações econômicas e individuais respeitavam voluntariamente a transferência de capitais, bens e serviços. E também que o cumprimento dos contratos voluntários era verificado pelos agentes participantes. E ainda que a propriedade privada deveria ser protegida pelas leis dos Estados e que não poderia haver trabalho forçado etc. Reparando bem, todos esses tópicos são lógicos e perfeitamente compreensíveis como verdadeiros, só que esse conjunto de dizeres tão virtuosos eram apenas a fachada ou a embalagem, porque por dentro, quem agia era o livre mercado causador da crise das hipotecas.

2 – A VISÃO CARTESIANA RESUME TUDO APENAS NOS ALFARRÁBIOS OFICIAIS:

Oficialmente,  nos registros cartesianos consta que a Crise Europeia foi a consequência imediata da Crise das Hipotecas. Ou seja, reconheceram que o liberalismo dos americanos interferiu na forma ortodoxa de gestão dos europeus e muitos fatores de desempenho do primeiro mundo tiveram que ser revistos. Porém, não foi só uma, mas várias consequências e que foram muito além da visão cartesiana de resumir “o tudo” apenas nos alfarrábios oficiais.

Agora em 2020, fica fácil enxergar todo esse escopo dos acontecimentos. No entanto, ao decifrar toda essa significância já em 2008, fugia do padrão normal de compreensão da maioria das pessoas. Não porque o decifrador dos fatos presentes e futuros fosse uma pessoa superdotada, mas porque há muito tempo vinha estudando e treinando a interpretação dos fatos que atingiam o mercado. Precisava ser alguém do meio acostumado com as tensões do dia a dia do mercado de ações. Então, na sequência de raciocínio dessas postagens, há o intuito intrínseco  de explicar de onde surgiu a ideia de depuração das verdades. Foi proposto que muitas verdades aceitas precisavam ser esclarecidas e elucidadas, por isso bem no início, sugerimos a postagem,(UM CONCILIADOR DE TENSÕES CRIOU A “CAMPANHA TEMPOS DE DEPURAÇÃO” DENTRO DO MERCADO DE CAPITAIS EM 2008 (1) https://midiaticosensorial.com/2020/02/09/um-conciliador-de-tensoes-criou-a-campanha-tempos-de-depuracao-dentro-do-mercado-de-capitais-em-2008-1/).

Aqui nesse ponto, foi quando sentimos que muitas verdades precisavam ser depuradas para saber se vingavam ou não como as raízes da confiança. Em 2008, registramos essa ideia geral em cartório em Belo horizonte. Em seguida dedicamos grande parte do nosso trabalho para registrar todas as nossas descobertas em muitas matérias deste blog.

3 – JÁ A VISÃO TEMÁTICA PERMITE QUE SE ENCONTRE OUTROS FUNDAMENTOS DOTADOS DE HOLÍSTICA SUFICIENTE PARA DEFINIR AS VÍTIMAS E OS CULPADOS.

As fraudes descobertas no “livre mercado” indicavam que a própria economia de mercado na época era a própria fraude, mesmo que funcionasse como regra de admissão no primeiro mundo.

Os milionários que representavam a população,  jamais iriam esclarecer as pessoas normais sobre os perigos que corriam como consumidores do livre mercado. As perdas foram inevitáveis. O cara vive na terra sem o direito de saber que também é terrestre.

  • VOLTANDO ÀS DÍVIDAS PÚBLICAS, MUITAS DELAS ERAM MUITO MAIORES QUE AS CAPACIDADES DE PAGAMENTOS DOS ESTADOS:

Só o foco nesse ponto já daria um sentido didático de entendimento amplo de que as causas e os efeitos dessas crises deveriam estar fazendo parte das cartilhas de Economia para estudantes, empresários e políticos. Tamanha fora a importância para o entendimento de como funcionava o mundo dos negócios. E também para se ter uma ideia pelo menos mais adequada e aproximada de como o eram mensurados os indicies de desempenho do primeiro mundo, onde as regras fantasiosas corriam soltas e sem controle. Ou seja, você fazer alavancagem com a própria dívida pública é um fato muito grave.

Ainda hoje, ao negar os esclarecimentos à população sobre esses fatos em especial aos estudantes e profissionais, as autoridades e outros comunicadores simplesmente fraudam tanto a liberdade de expressão quanto o direito de aprender. Foi abortado o direito de saber ou ter conhecimento de fatos públicos. Tomar conhecimento e aprender é um direito democrático de todas as pessoas, comparado ao ir e vir. Se você não exerce a liberdade de expressão em toda a sua plenitude, está fraudando a própria comunicação e a educação das pessoas.

4 –  TERRORISMO REFINADO, A SOCIEDADE VEM SENDO ENGANADA QUANTO À SUA CAPACIDADE E OBRIGAÇÃO DE EXERCER VIGÍLIA SOBRE O ESTADO, MESMO DEPOIS DE 2008:

Todo mundo te ensina que é o Estado que deve vigiar a sociedade, mas é justamente o contrário, é ela que tem o poder democrático de construir um Estado justo e equilibrado. Mas deliberadamente ou não,  a sociedade mais uma vez vinha e vem abrindo mão do seu direito de vigília sobre o Estado.

No frigir do intuitos, como em termos de economia todos nós somos cobaia,  a desculpa de todos esses erros aqui citados são os giros da economia. Como esses defeitos de giro sempre acontecem, os movimentos da economia também geram crises, há de se supor que empregar um verbo no passado é muito perigoso. Onde há o que se mover, tem crise ou tem desgaste. Na Ciência Econômica, as crises têm um trato corriqueiro, pois sabe se como se usa as ferramentas para enfrentá-las.

ENTÃO, DEVIDO AO TERRORISMO REFINADO, NEM TUDO FICA ESCLARECIDO COMO DEVERIA:

Para esconder os fatos reais da população, basta trancafiá-los na verborreia inerentes aos advogados que produzem as regras cartesianas de desinformação.

Na forma cartesiana que a OGX Petróleo argumentou “de ofício”, “deu a entender” que não iria quebrar e quebrou, e a Bolsa de Valores não fez nada para impedir. Ela usou o cartesiano de uma forma tão grotesca e com um português tão impuro, que a leitura não era entendida nem por leigos ou profissionais. O Eike Batista está solto.

Agora, para decifrar e acertar o cunho cartesiano dessa desinformação, que espere a eternidade chegar e coloque um potente telescópio nos registros oficiais. Esse tipo de esclarecimento fica difícil de acontecer porque tem que mexer com as pessoas, riquezas, tradições, vida em sociedade e justiça, aí que mora o perigo:

Em sendo assim, os espertinhos continuam sendo os eternos geradores de crises, pois sempre atacam furando os controles. É o tal de terrorismo refinado, eles agem dentro das leis que eles mesmos mandam fazer. Quantas leis a JBS mandou fazer? Ou seja, a sociedade vem sendo enganada quanto à capacidade do Estado de exercer um controle eficiente sobre os diversos tipos de agentes econômicos.

5 – A PRESENTE POSTAGEM FAZ PARTE DA SEQUÊNCIA DE MATÉRIAS QUE COMPÕEM O ESCOPO GERAL DA  #UNIÃODOSJORNALISTASSEMFRONTEIRAS #MIDIÁTICOSENSORIAL:

29 de fevereiro de 2020PORÕES DO CAPITALISMO, A IMPRENSA SEMPRE SE PRESTA EM REALIZAR O SERVIÇO SUJO DE CONVENCIMENTO DOS DISTRAÍDOShttps://midiaticosensorial.com/2020/02/29/poroes-do-capitalismo-a-imprensa-sempre-se-presta-em-realizar-o-servico-sujo-de-convencimento-dos-distraidos/

29 de fevereiro de 2020 ♦NA TURBULÊNCIA GLOBAL EM EVOLUÇÃO, AS CRISES ASIÁTICAS TAMBÉM FORAM ESQUECIDAS – https://midiaticosensorial.com/2020/02/29/na-turbulencia-global-em-evolucao-as-crises-asiaticas-tambem-foram-esquecidas/

26 de fevereiro de 2020EM TERMOS DE ECONOMIA, TODOS NÓS SOMOS COBAIA, POR QUE O MUNDO PERDEU AS BÚSSOLAS?  https://midiaticosensorial.com/2020/02/26/em-termos-de-economia-todos-nos-somos-cobaia-porque-o-mundo-perdeu-as-bussolas/ REVOLVENDO OS PORÕES DO CAPITALISMO, POR QUE NINGUÉM MAIS COMENTA SOBRE A CRISE DAS HIPOTECAS E EUROPEIAS ?

26 de fevereiro de 2020 ♦ O MUNDO PERDEU AS BÚSSOLAS,  A CRISE DAS HIPOTECAS FOI O ÚLTIMO SUSPIRO DO LIVRE MERCADO? CLARO QUE NÃO! https://midiaticosensorial.com/2020/02/26/5881/

9 de fevereiro de 2020 ♦ UM CONCILIADOR DE TENSÕES CRIOU A “CAMPANHA TEMPOS DE DEPURAÇÃO” DENTRO DO MERCADO DE CAPITAIS EM 2008 (1) https://midiaticosensorial.com/2020/02/09/um-conciliador-de-tensoes-criou-a-campanha-tempos-de-depuracao-dentro-do-mercado-de-capitais-em-2008-1/

2 de fevereiro de 2020 ♦ TEMPOS DE DEPURAÇÃO DAS VERDADES https://midiaticosensorial.com/2020/02/02/campanha-tempos-de-depuracao-re-explosao-da-bolha-intelectual-e-reformas-dos-sistemas-corporativos/

RE-EXPLOSÃO DA BOLHA INTELECTUAL E REFORMAS DOS SISTEMAS CORPORATIVOS, O QUE SIGNIFICA ISSO?

#CONSCIÊNCIAINTERATIVA:

#REFORMAGERALdoEstadoBrasileiro

As democracias desenvolvidas sempre têm escolas e cadeias.
Preferimos ter um inimigo constante que um amigo ausente.
A simplicidade nunca fica sozinha.
Trabalhe mais, faça mais e permita que outros façam.
Onde o vento faz a curva, você encontra as mãos que pensam e os pés que enxergam.
Vamos balançar o mundo de coisas prontas.
Os comentários anteriores são nossos esteios.
Chacattis Tadadota

Continua

Agradecemos seu comentário, seja breve, interaja e volte sempre.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

BH POST NOTÍCIAS

Portal de notícias e entretenimento. Aqui você encontra as principais matérias de política, economia , tecnologia e negócios. Agenda cultural e de serviços. Esportes, novidades do setor automotivo e muito mais.

Risk Mitigation

Writing for a safer world

Luz sobre a escuridão

Política e Dicas para Gestores

Viagens (Im)Perfeitas

Viajar apura os sentidos, abre horizontes e enriquece a alma!!

VALE INDEPENDENTE - O seu jornal digital

COM O POVO ONDE O POVO ESTÁ!!!

O BANCO E A BOLHA

Que é feito da equidade ?

Mensagem de Otimismo

Saiba mais clicando em sobre

Negócio Inteligente

Seu negócio cada vez mais competitivo

Psicólogo Felipe Biasus

.:: Person Centered Approach - PCA ::.

Psicólogo Jordan Vieira

Compartilhando saberes sobre psicologia!

FAVENI Pós Graduação

Promoção Relâmpago - Segunda Licenciatura e Formação Pedagógica

Aprendiz Moderno

Conhecimento prático para quem quer crescer

Scribbles and Bits

one at a time

Sarti Contabilidade

Contabilidade para Todos

AVALIAÇÃO EDUCACIONAL - Blog do Freitas

Destinado a temas sobre avaliação educacional. Contra a destruição do sistema público de educação e contra a desmoralização dos professores pelas políticas de responsabilização.

Blog do Portinho

Blog para tratar temas de política, artes e economia de forma descontraída e com bom humor.

%d blogueiros gostam disto: