JÁ VIMOS VÁRIAS VEZES O MUNDO ACABAR NO MÊS DE AGOSTO

WE ALREADY SAW SEVERAL TIMES THE WORLD TO END IN AUGUST

  • NÃO EXISTE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SAUDÁVEL QUANDO SUSTENTADO NO BANDITISMO.
  • GESTÃO DO PRESENTE – BRASIL EM APUROS COM SEUS ERROS, OU POR AMADORISMO OU POR MÁ INTENÇÃO, A DÚVIDA É O VENENO DE QUALQUER MERCADO.
  • AS BOLSAS DE VALORES VÊM SENDO O CABO ELEITORAL DE MUITOS GOVERNOS CORRUPTOS E ESCONDERIJO DE MUITAS EMPRESAS DESONESTAS E GOLPES ESPETACULOSOS. MUITOS ERROS DOS GOVERNOS FICAM ENCOBERTOS PELAS SUBIDAS FORÇADAS DAS BOLSAS DE VALORES.

Prezados amigos, a presente postagem é o seguimento natural da matéria do dia 29 de maio de 2015 (http://wp.me/p31Lbb-A2) que ficou incompleta tendo em vista as justificativas editadas na própria escrita.

Conforme o prometido, estamos iniciando a publicação de uma série de matérias não exploradas pela mídia e nem confundidas ou camufladas nos “livros intelectuais” que mofam nas estantes e ostentam as bibliotecas.

Concordamos que existem muitas diferenças entre o editor analista de mercado e o editor ativista, uma mesma pessoa em duas situações bem diferentes. Na primeira, as escritas têm uma estrutura mais seca e pronta para analisar os números, na segunda o coração ativista impera sobre o arrojo de interpretar e induzir os gráficos. Mas hoje, vamos misturar as duas formas de escrever:

O presente título, que utilizamos pela última vez em agosto/2011, não caiu do céu do oportunismo, ele brotou da fonte límpida das realidades que vêm desenterrando as verdadeiras transparências da vida brasileira. Se você tiver com a atenção em dia, pode comprovar que as perspectivas brasileiras para o mês de agosto são deveras turbulentas. Tudo está prestes a desaguar no mesmo funil, agosto promete ser o ponto de encontro dos fatos negativos reais da vida política, econômica e social, trazendo consigo as cicatrizes nos pilares que sustentam as estruturas da nossa vida. E se Deus realmente gosta de ser chamado de brasileiro, vai ter que rezar muito para tirar o Brasil dessa enrascada, cujo caminho foi ele mesmo que percorreu com os próprios pés. Há muito tempo, o Brasil vem cavando a própria sepultura. Situação que vem sendo escondida por frases marqueteiras, motes que fantasiam a realidade e gráficos irresponsáveis das bolsas de valores mirabolantes.

Atitude é o que se espera nesses momentos sagrados de depuração das verdades e punição das mentiras, que nada fique encoberto sob pena de abortarmos prematuramente o melhor futuro para os nossos filhos. Se o Brasil não punir cortando a própria carne, estará cedendo a uma outra civilização mais forte o direito de ter o poder gerencial sobre suas riquezas naturais vindas das terras e das águas, dos mares e rios, das inteligências e sentimentos do seu povo

SE A ECONOMIA NÃO FALHAR, TUDO SE RESOLVE:

Vem sendo assim desde os primórdios tempos em que o homem descobriu a produção como um bem da vida, a força motriz como forma técnica de melhorar o trabalho. Então, se o resultado das forças positivas e negativas for um trabalho positivo, a bonança estará sustentada e garantida. Bem ou mal, ninguém vai deixar de comer, ir e vir, de se vestir ou “farofar” numa praia.

Nesse redemoinho de forças negativas e positivas que se entrelaçam entre coisas do bem e coisas do mal, fica muito difícil separar o joio do trigo, odisseia milenar que não dá trégua aos registros da própria Bíblia. Trocando em miúdos, se o resultado do dinheiro dispendido for bom, estará tudo resolvido, as bolsas de valores sobem, os maus administradores continuam nos seus cargos e os bandidos nos seus pedestais. Essa é a ciência do nada muda, tudo se consome no tudo que se prospera e nunca some.

Mundo evolutivo real, se o mercado das drogas e entorpecentes for capaz de salvar a economia de um país, a pátria mãe é santa.

Para diminuir o mal pior, estão concedendo perdão aos dinheiros fugidos do Brasil, aqueles que os milionários de todas as espécies e origens mantêm no exterior. Se voltarem ao Brasil para diminuir o rombo das contas públicas, serão perdoados mesmo que sejam formados pelas drogas ou fruto das corrupções no estilo Petrobras. No frigir dos intuitos, fica todo mundo bem na foto, todos vão poder desfilar de Ferrari e Limousine. É assim que funciona, que o diga o desfile do mercado de ações cujos formadores fazem o impossível para exibirem seus gráficos em sadios, cintilantes e satisfeitos. Tem nada podre, está tudo certinho!

Então, na postagem do dia 29 de maio de 2015 (http://wp.me/p31Lbb-A2), registramos o seguinte, “continuamos com a mesma opinião, a formação do mercado atual é tão fingida quanto era antes, em termos técnicos legítimos, jamais o índice da BM&FBOVESPA poderia estar tramitando nos patamares atuais de 53.000 e 54.000 pontos (a leitura atual é de 53.532 – 12:34 horas) quando a realidade do mercado não tem caixa para estar acima dos 45.000 pontos. Quando dissemos não tem caixa, queremos dizer não tem condições técnicas grafistas para desfilar acima dos 45.000 pontos”. https://midiaticosensorial.com/2015/05/29/gestao-do-presente-brasil-em-apuros-com-seus-erros-ou-por-amadorismo-ou-por-ma-intencao-a-duvida-e-o-veneno-de-qualquer-mercado/

O que nós estávamos querendo clarear com esses dizeres?

Vamos por partes, o Ibovespa, índice que mede o desempenho geral do mercado de ações do Brasil, de janeiro a maio de 2015, evoluiu de 46.907,68 para 58.051,61 pontos. Isso, mesmo com todas as tormentas políticas, mensalões, petrolões, pedaladas, ajustes fiscais, corrupções dos dinheiros, das almas e das sortes, prisões dos donos das empreiteiras, ameaças de desmascarar políticos, prender Lula e tirar a Dilma. Tudo isso dentro de um só balaio de gatos, ratos, cobras e outros venenos, tudo misturado e sacudido, cujo odor fedorento se espalha pelos ares, bares e altares. A coisa virou bagunça, quando gritaram lá no morro que era impeachment, mais que depressa, a garrafa de cachaça saiu correndo.

Mesmo com os discursos apaziguadores dos caciques, para o grande público (93%), ao mesmo tempo, está claro que as instituições brasileiras estão em pé de guerra ou com múltiplos sintomas externos de diarreia. Como se diz, perda total, “p t saudações”. Vai contando, está tudo rodando ou roubando, ou tudo pronto para virar piada, dois ex-presidentes da república (um de Collor e o outro sapo), uma presidente dentucinha, um presidente do Senado Federal e outro da Câmara dos Deputados, tudo junto com os presidentes das empreiteiras da Operação Lava Jato e muitos dirigentes partidários, doleiros e outros matadores de gentes, animais e florestas. Essa turma de milionários protegidos por lei está prestes a sair no bloco da papuda e se transformar em enredo de escola de samba. Os gestos, gírias e folclores já começaram a ser exibidos nos programas humorísticos. Mas mesmo assim a bolsa de valores do Brasil continua como uma imputável irreverente que não tem nada a ver com essa confusão, mesmo tendo custado a rever a importância da Petrobras como “blue chip” e escondido os fatos malignemos da OGX Petróleo.

Repetindo: Com o pau quebrando nos ares, bares e altares do Brasil, a Bolsa de Valores variou de 46.907,68 para 58.051,61 pontos de janeiro a maio de 2015. O pau quebrando na economia e a bolsa subindo, Somente em junho e com muito custo, resolveu mostrar serviço engrossando o coro dos ativistas inconformados, mesmo assim, está lá no final da fila com medo de prever o futuro. Qualquer descida planejada, logicamente vão colocar a culpa na China ou na crise da Grécia, mas são incapazes de reconhecer que o Brasil, além de roubado, é mal administrado devido a incompetência técnica do atual governo.

Fomos interpelados pelos amigos, vocês não vão comentar nada?

É muito difícil tecer comentários sobre uma economia que dá autorização expressa para que os agentes de mercado e os agiotas consagrados possam cobrar juros acima de 300% ao ano. Um percentual tão estonteante e fora de propósito que a até Deus duvida. Uma coisa tão extorsiva que não merece comentário lúcido e embasado com clareza científica da lógica. Com certeza, esse tipo de economia não existe mais, ou está à beira da falência total ou pedindo para que joguem uma pá de cal misturada com sal grosso em sua sepultura.
Ficamos assim, não vamos esperar mais que os gráficos operem abaixo dos 45.000 pontos, mas se o Ibovespa começar a se orientar abaixo dos 48.000 vamos começar a trazer os comentários do mercado para este blog. Sabemos que não escrevemos tudo que foi pedido a respeito da atual economia do Brasil. Prometemos o fazer nas próximas postagens.
O Certo é que está dando para entender os recados desta escrita, noutros tempos, muitos erros dos governos ficaram encobertos pela subida das bolsas de valores. Faltas graves de administração doentia e gestões fraudulentas foram todas encobertas pelas subidas da bolsa e medo de desafiar o populismo do Lula.

POSTAGEM ORIGINAL E RECADO ACOPLADO – JÁ VIMOS VÁRIAS VEZES O MUNDO ACABAR NO MÊS DE AGOSTO:

A matéria original foi produzida no dia 21 de agosto de 2011, no blog da Coluna Editorial Prontanálise que desapareceu dentro do Google Blogger. Felizmente temos registro na postagem no link:
http://www.homemarketing.com.br/service04%20-%20Prog%2017-prontanalise43.htm

Não há necessidade de se fazer uma afirmativa desse tipo para o pessoal acostumado a lidar com o mercado. Por várias vezes, já explicamos que esta coluna foi criada justamente para troca de informações entre amigos piolhos de bolsa.
Muitas vezes nos referimos ao curtíssimo prazo “Day-Trade”, o que exige uma sintonização instantânea com os movimentos do mercado. Ou o buy fast é feito na baixa, ou para pegar uma perninha de uma subida rápida. Ou você arranca junto com quem arrancou primeiro ou vai se tornar um surpreso comprado ou vendido. Na hora que pensar que está fazendo uma boa venda, quem arrancou primeiro estará te comprando. Quando você assusta, o mercado já virou diante dos teus olhos, te deixando com a cara de tacho em cima ou embaixo dos gráficos. Para você entrar nesse tipo de movimento, exige-se treinamento, humildade, perseverança e sintonização completa com os fatos globalizantes.
Sintonize-se, faça primeiro os cursos ministrados pela BM&FBOVESPA – Conheça o Boletim de Proteção ao Consumidor.

Na realidade, essa corda bamba se transforma num fascínio que muitos gostariam de viver, temos até um comentário a respeito disso: terça-feira,1 de dezembro de 2009 – BI nº 283 – Continuação- Nem charme e nem mistério, estudar a mente do mercado de ações é tarefa de um conciliador de tensões
http://www.prontanalise.biz/2009/12/bi-n-283-continuacao-nem-charme-e-nem.html

Para quem é ou não é desse meio, pode verificar que permanentemente deixamos registrado o alerta bastante visível na barra direita do blog: NÃO RESPONSABILIZAMOS PELAS SUAS DECISÕES DE COMPRA E/OU VENDA DE QUAISQUER ATIVOS FINANCEIROS, VEJA OS ALERTAS DOS LINKS NA BARRA DIREITA DO BLOG

Porém, muitos que não são exatamente do ramo também se habituaram aos comentários, não só propriamente pelas análises específicas, mas em razão do entendimento da mente do mercado que em muito se extrapola à leitura dos gráficos e às interpretações técnicas fundamentalistas. Haja vista que noutro dia mesmo, tivemos de fazer um repasse em matérias produzidas por revistas brasileiras, no sentido de complementar os assuntos tratados sobre o comportamento da nossa bolsa de valores. Sem qualquer tipo de antagonismo, mesmo assim não conseguimos evitar as revanches naturais e nem as forras enrustidas.
Quando se fala que o mercado é bom no longo prazo, não quer dizer que você tenha de deixar suas ações dormindo nos gráficos. Pois, acaba não aproveitando as boas oportunidades que estão sempre sendo ofertadas de graça pelo mercado, o grande amigo do homem.
QUEM NUNCA VIU POR VÁRIAS VEZES O MUNDO ACABAR NO MÊS DE AGOSTO? TODO MUNDO TEM O AGOSTO QUE MERECE:

Quando se fala em mês de agosto, na realidade não é para você ter ou deixar de ter medo dele, é justamente para alertar que pode ou não haver uma chance de compra mais segura, ainda mais para os que não vivem o dia a dia do mercado.
No mês de agosto do ano passado o Dow Jones beijou a lona dos 10.000 pontos. Por favor, queira conferir o gráfico.

È como se todos os pânicos existentes no mundo tivessem reservado essa época para se reunirem, se exibirem ou mostrarem serviço, todos ao mesmo tempo. A título de caçoada com os piolhos de bolsa mais chegados, geralmente fazemos referência de que é quando acontecem as famosas reuniões dos gurus do pânico.
Nesse baile dos pânicos, existem muitas diferenças entre o que se fala, entende e pratica. Enquanto as ânsias são disseminadas e os temores são infinitos, calmamente os mais profissionais tiram os proveitos das incertezas, aflições, tristezas e amarguras.
Aqueles que deveriam orientar geralmente atrapalham, confunde-se e colocam mais combustíveis nos pânicos. “Tem gentes” falando que a Europa vai se derreter e que os EUA se fritarão com os pés cheios de alavancagens e que os dois se queimarão nos fogos dos infernos das próprias guaritas corporativas. Você afirmar isso é sinal que o presente da Terra foi para as cucuias. Vamos fechar as portas da Terra, o mundo acabou, vamos mudar para a Lua mais próxima. Com a maior cara de pau, os gurus do pânico deitam e rolam: Conforme divulgado nos jornais Le Soir e Le Temps, em Paris, um senhor de 86 anos, nada menos que o Dr. Jacques Delors, ex-presidente da Comissão Europeia, afirmou que o euro e a Europa estão à beira do abismo. Defendeu em seguida que as dívidas dos países membros da zona do euro não sejam superiores ao percentual de 60% dos PIBs”
Que a Europa vai cair no abismo, vamos deixar para que esse senhor prove cientificamente essa questão. Quanto ao percentual de dívida em 60% do PIB, achamos temerária a generalização, capacidade de endividamento cada um tem a sua; outra coisa é a capacidade de pagamento que não pode ser disseminada no infinito dos derivativos posteriores aos créditos inventados.
Com o que foi dito, não estamos incentivando que se faça compra no mercado de ações, estamos emitindo apenas uma opinião de que o mundo não vai acabar. Leia os comentários anteriores e tire as suas conclusões.
Mãos que pensam, pés que enxergam.
Chacattis Tadadota
Continua…

Agradecemos seu comentário, seja breve, interaja e volte sempre.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: