ESTADO PRIVATIZADO, UMA LINHA DE RACIOCÍNIO QUE EXPLICA O BRASIL ATUAL TOTALMENTE DOMINADO PELO CRIME ORGANIZADO

Para os espertinhos, o Estado Privatizado é como se fosse uma consequência natural da democracia. É aquele que foi “fundido ou forjado” num só bojo de cooptação pelas forças políticas, jurídicas e empresariais. Em termos internacionais, muitos Estados já foram agregados ao sistema maior de governança, uma força poderosa de aliciamento e atração sob direcionamento do dinheiro e outros poderes advindos do banditismo.

Estado Brasileiro: Tanto o povo quanto os políticos têm uma ideia errada sobre o Estado, muitos acham que é o doador universal de bens e serviços e outros o formador das grandes fortunas de várias famílias tradicionais residentes ou não  Brasil. Estado Assistencial, provedor de boa vida para uma quantidade sempre crescente de malandros. (https://midiaticosensorial.com/2017/08/11/caixa-presta-das-grandes-fortunas-os-exitos-e-segredos-das-tradicionais-familias-brasileiras/ )

DE ONDE SURGIU O TERMO ESTADO PRIVATIZADO? http://wp.me/p31Lbb-UL
DA IMPLOSÃO DO LIVRE MERCADO SUSTENTADO PELA INICIATIVA PRIVADA:

Nós já estamos tratando desse assunto há mais tempo, e última vez que demos uma explicação mais detalhada foi em março/2016 através do link https://midiaticosensorial.com/2016/03/11/estado-privatizado-o-que-e-aqui-o-sentido-do-termo-nao-e-proveniente-das-privatizacoes/.

Então, a presente postagem é apenas uma reprodução do que escrevemos em 2016, uma vez que os cenários atuais são bem piores que os do ano passado.

Quando você assiste às tramoias do Joesley Batista da JBS passando o Janot Pacheco para trás, ao mesmo tempo, sendo o fato aplaudido  pelo Presidente Temer e pelo Ministro Gilmar Mendes do STF, tem justamente a certeza que o “errado é que é o certo”. Quase na mesma cena de cinismo, o Geddel Vieira Lima foi pego escondendo R$ 52.000.000,00 dentro de um apartamento. A vergonha brasileira aumenta ainda mais quando se descobre que as Olimpíadas/2016 foi comprada com dinheiros de corrupção. Os valores do Brasil estão invertidos! Em vez de presos, os bandidos estão dando ordens. As autoridades legalmente constituídas são os mesmos réus condenados. A que ponto chegamos, é o mesmo que prisioneiros reformando as penitenciárias.

#HASHTAGSRELACIONADAS:

#BRASILESTADOPRIVATIZADO #BRASILASSUSTADORESTADOPRIVATIZADO

#BRASILPARAÍSOdoESTADOPRIVATIZADO

ESTADO PRIVATIZADO É O PIOR ESTÁGIO DO CAPITALISMO

>>VIVENCIAMOS HOJE AS CONSEQUÊNCIAS DO ESTADO PRIVATIZADO PELA BANDIDAGEM,

  • Os comunistas se aproveitam e se alimentam das sujeiras provenientes dos porões do capitalismo. Não é à toa que todos os países comunistas estão entre os mais corruptos do mundo.
  • Brasil já está com o futuro comprometido, as instituições só funcionam nos discursos, caso não consiga derrotar agora os bandidos que estão no poder, muito provavelmente vai prevalecer a lei do mais forte.

Prezados amigos, hoje em dia, com a tomada de conhecimento sobre as “realidades verdadeiras”, tem-se a plena consciência sobre a quantidade de tempo que as “realidades marqueteiras” vêm dominando as cabeças das pessoas, orientações dos países e das comunicações, estando presentes em várias crenças das atividades humanas.

Apesar de há mais tempo rodando o mundo, hoje em dia, vem se dando bastante atenção ao termo, Estado Privatizado que ainda continua muito diferente e raro. Muitos confundem que seja proveniente dos vários tipos de privatizações de setores do Estado.

Numa pesquisa na Internet, não existem milhões de intervenções, mas os resultados já começam a aparecer com intensidade, nota-se que o sentido correto do termo já está sendo assimilado com mais eficiência de entendimento. É comum assimilar como assalto ao patrimônio nacional através das privatizações, mas a abrangência da realidade total é muito maior dependendo das bases intelectuais e dos tempos que levaram às inspirações.

O certo é que o termo, Estado Privatizado, ainda é uma incógnita a ser explicada e calculada nos mais íntimos sentidos. Dentro da “realidade verdadeira” existe uma “coisa” não totalmente identificada que possa ser determinada e chamada pelo nome, mas apenas entendida como Estado Privatizado. Claro, bem diferente e rara, junção de dois antagônicos cuja proximidade só seria possível devido ao Norte dos poetas. Dizem que poetas não têm Sul, mas somente Norte. Um cara cheio de nortes.

Seria natural que a utilização moderna do termo, Estado Privatizado, se desse por causa do Brasil, mas não foi isso que aconteceu. Na realidade, o termo foi mais elucidado levando-se em conta os fatos ocorridos nos EUA em 2007 e 2008, bem no auge da Crise das Hipotecas.

Que por sorte, tivemos que analisá-los sob os diversos aspectos exigidos pelo mercado. Na época, fazíamos o estudo sobre a mente do mercado de ações tendo como alvo o Americano do Norte.
Desse estudo, surgiu o documento de criação da Campanha Tempos de Depuração registrado em cartório em 01/08/2008. E que foi transferido para este blog no dia 11/02/2013, ver o link https://midiaticosensorial.com/campanha-tempos-de-depuracao/. Porém, a primeira vez que foi publicado nas redes sociais se deu no dia 03/08/2009 e que pode ser confirmado através do link, http://temposdedepuracao.blogspot.com.br/search?updated-min=2009-01-01T00:00:00-02:00&updated-max=2010-01-01T00:00:00-02:00&max-results=10.

Favor confirmar, no caput, do documento está escrito justamente o seguinte:

“No repique atual das crises evolutivas, em 2008, os próprios vícios corporativos se detonaram, fazendo aflorar as espertezas do sistema capitalista que está sendo acudido pela corporação estatal. Obrigada a intervir na iniciativa privada, sob pena de ver ruir os dogmas que ainda protegem o estrutural democrático-financeiro até então aceito.
Ao mesmo tempo, num desdobramento imediato, colocamos para debate dois ápices de discussão: a re-explosão da bolha intelectual a favor e versus as reformas dos sistemas corporativos, que em breve farão parte das instâncias normais dos conhecimentos das pessoas. Esses ápices não são entidades distintas, mas concomitantes e interativas que começamos a estudar na feitura dos livros editados no site”. Atenção o site original está desativado para manutenção, não clique nos links internos da postagem.

O LIVRE MERCADO PEDIU PARA MORRER DE TANTA VERGONHA:

Prezados amigos, é isso que está escrito no caput do documento de criação da campanha:

Os EUA tanto fez e tanto inventou e reinventou o Livre Mercado que a iniciativa privada deu com seus burros n’água. De tanto fazer malandragens, acabou sendo sucumbido por elas. Parece que foi ontem e a coisa continua se repetindo. Em 2008, a Crise da Hipotecas enterrou de vez o Livre Mercado. Isso foi o que deixaram transparecer na aura marqueteira.

Afinal, o Livre Mercado acabou ou não naquela época?

Kabou nada! Nos EUA, enfrenta um monte de regulamentos inclusive contra as alavancagens. O danado finge de morto à espera dos republicanos.
Mas no Brasil, as bandidagens das espertezas “evoluíram” a coisa para Estado Privatizado que é muitas vezes mais destrutivo que o seu antecessor que lhe deu origem.
Desde o documento de criação da campanha, em muitos dos nossos trabalhos, desenvolvemos as ideias complementares que fazem jus aos entendimentos mais abrangentes do laconismo da primeira escrita. Um poeta com asas é capaz de desmantelar um quartel inteiro de várias jararacas perdidas e outras tontas por terem sido descobertas. Então se você não quiser prosseguir com a leitura, realmente não precisa.

UMA EXPLICAÇÃO PEGANDO CARONA NA BOMBA ATÔMICA, NA REALIDADE, A VIDA É UMA PURA REPETIÇÃO DE FATOS E “COISAS”

O que ganha real importância chama-se antecipação, coisas de mercado, ou seja, quando estão acontecendo, quase ninguém entende nada, e os analistas muitas vezes utilizam-se das parábolas de percepções automáticas para tentar mostrar o óbvio que aparentemente mora no invisível de quem não gosta de enxergar o fácil. É assim que funciona.
Conforme os jornais do dia 08/03/2016, todo mundo estava de espreita com as mais recentes ameaças da Coreia do Norte que diz ter pequenas bombas atômicas para jogar nos EUA. Isso nos fez recordar de uma postagem feita no início de 2013.

As pequenas bombas atômicas ou portáteis não são propriamente uma novidade, tendo em vista que a postagem que produzimos no dia 12 de abril de 2013 tem o seguinte título:

RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA GLOBAL NO MUNDO EVOLUTIVO ATUAL: ENQUANTO A COREIA DO NORTE DESFILA COM A BOMBA ATÔMICA A TIRA COLO, O LIVRE MERCADO DESPEDE-SE DA DAMA DE FERRO, MARGARETH THATCHER – https://midiaticosensorial.com/2013/04/12/recuperacao-da-economia-global-no-mundo-evolutivo-atual-enquanto-a-coreia-do-norte-desfila-com-a-bomba-atomica-a-tira-colo-o-livre-mercado-despede-se-da-dama-de-ferro-margareth-thatcher/.
Atenção: Se você quiser ler a postagem inteira, não clique nos links internos que fazem referências ao nosso site em manutenção.
Essa postagem foi escolhida como exemplo por falar sobre os principais assuntos mundiais da atualidade. Em resumo registramos em 2013:

>> “”BOMBA ATÔMICA E LIVRE MERCADO, EQUILÍBRIOS E DESEQUILÍBRIOS DA ORDEM MUNDIAL:

A bomba atômica continua sendo a maior autoridade mundial. Se não tem bomba, tem o LIVRE MERCADO escorrendo malandragens para todos os lados.
Para a felicidade das divindades capitalistas, o legado maior da Dama de Ferro, Margaret Thatcher, foi o incentivo puro e simples à evolução do LIVRE MERCADO, como condição básica para a multiplicação dos negócios sadios.

Obstinada e sem concorrente, a moda do LIVRE MERCADO marcou época e passou muito tempo insuflando o imoral legalizado, desfazendo-se dos controles estatais e construindo um normal baseado na necessidade de modernismo e menos burocratização. O Estado atrapalhava os negócios da libertinagem. Deu no que deu.
O LIVRE MERCADO é um réu confesso, me segurem, devo ser vigiado, mesmo assim, apesar de todos os erros, ainda influencia para que os necessários atuais sejam adiados. As guaritas corporativas construídas pelas divindades capitalistas tomaram força na vigência da ditadura do Livre Mercado, tudo pode, tudo é normal nos atuais tempos modernos. Empresário livre, Estado ofuscado””.

VEJA BEM OS QUESTIONAMENTOS SUGERIDOS NA POSTAGEM DO DIA 12 DE ABRIL DE 2013:
• O que tem o maior poder de destruição, a bomba atômica ou o imoral legalizado?
• Existe diferença entre a bomba atômica e agiotas internacionais?
• Existe diferença entre a bomba atômica e o imoral legalizado?
• O que realmente é o Estado forte, fraco, mínimo, privatizado, neoliberalista?
• O que é realmente governo forte ou fraco?

OU SEJA, TEM TUDO A VER COM A PRESENTE POSTAGEM:

Se você observar a ambiência geral do mundo de agora, fica parecendo que escrevemos essas perguntas na data de hoje, mas foi há três anos, naquela época, já insistíamos para melhorar o entendimento sobre o Estado Privatizado.

Se você quiser saber o que significa o termo divindades capitalistas, os links a seguir ajudam a ter mais domínio sobre a matéria do Estado Privatizado, que não se limita apenas em ser dominado pelo crime organizado, é ainda muito pior que isso:

CARA DE PAISAGEM ESCONDIDA POR DETRÁS DA DEMOCRACIA NOVA E INEXPERIENTE:

>>>> O PT e PMDB conseguiram piorar o acúmulo de erros de todos os governos anteriores.

Para os espertinhos, o Estado Privatizado é como se fosse uma consequência natural da democracia.

Sobre qualquer coisa que se argumenta sobre os erros escandalosos dos principais agentes da democracia brasileira, as repostas são imediatas, consequentes da inexperiência do viver democrático, o Brasil ainda tem muito a evoluir.
Realmente, é mesmo, evoluir para deixar de ser bandido. Se você deixar a Operação Lava Jato infiltrar nos meandros inocentes da Democracia Brasileira com certeza vai chegar ao Pedro Álvares Cabral.

Então, agora fica bastante fácil entender mais sobre o Estado Privatizado. Como dissemos, foi descoberto totalmente nos EUA quando explodiu a moda do Livre Mercado que depois foi implodido por ter sido a causa principal da Crise da Hipotecas. Logicamente, estamos resumindo, a coisa é mais extensa.

O Livre Mercado sob a aura marqueteira de “deixar o homem trabalhar” e sem saber as diferenças entre crescimento e desenvolvimento econômico, partiu para cima do Estado destruindo e modificando as leis, logicamente escondendo os banditismos por detrás dos modernismos, tal qual está escrito na postagem do dia 12 de abril de 2013, acima referenciada. Eis o pleno abuso dos “favores entrelaçados”, parentes e amigos devoram os cargos e os poderes das canetas, dominam as leis, produtos, serviços, comunicações e oportunidades de negócios diversos através de informações privilegiadas.

As hydras que devoram o Estado!

Pessoas de diversos tipos, bandidos trajados, elegantes, educados e simpáticos se apoderaram da ausência dos cidadãos e tomaram os sindicatos, conselhos profissionais e partidos políticos. Estabeleceram suas quadrilhas organizadas bem na ponta do nariz do óbvio que fica estampada nas autorizações dadas pelos votos.

Bandidos eleitos pelos votos dos cidadãos. Agora, você imagina esse escândalo viciado indo e voltando ao poder a cada eleição, imagine quantas hydras ou guaritas corporativas foram criadas através dos tempos. Fica fácil entender também porque sempre citamos os tais de “favores entrelaçados” nas entranhas. Ou seja, como se dá a formação dos mais diversos tipos de gangues.

A Presidente Dilma não ficou nenhum pouco constrangida ao comprar apoio dos Ministros do STF, Marco Aurélio de Mello e Luiz Fux, cujas filhas que de repente acordaram como desembargadoras.

Extrapole isso, agora, você imagina há quanto tempo isso vem acontecendo nos diversos níveis hierárquicos do Estado. Os poderes particulares se apoderaram dos poderes do Estado. A coisa privada sobrepõe a coisa pública.
Sindicatos, conselhos profissionais, ONGS e partidos Políticos, de pai para filho, construíram verdadeiras teias de roubo explícito das coisas do Estado. Tudo protegido por leis e outros acessórios democráticos.

AS EMPRESAS COMPRAM OS POLÍTICOS E SINDICALISTAS, MANDAM FAZER AS LEIS E AINDA PAGAM PARA QUE OS JORNALISTAS CALEM A BOCA:

Veja os exemplos mais recentes, isso sem citar nada da Operação Lava Jato. Empresas compram alvarás de funcionamento, habite-se de imóveis irregulares, mandam anular as multas aplicadas pela Receita Federal, compram diversos tipos de medidas provisórias inclusive de isenção de impostos, obtêm financiamentos a juros baixíssimos junto ao BNDES, promovem desmatamentos descontrolados, colocam as atividade industriais com prioridades acima das sociais, saúde e natureza, vendem serviços e produtos de baixa qualidade, vendem equipamentos para hospitais públicos sem necessidade que às vezes ficam anos para serem montados.

A picardia anda solta e promete novas evoluções diante o espanto dos incríveis e inusitados. E isso reforça a certeza da falta generalizada de punições, faliram o Estado:

  • Você acha que os verdadeiros culpados pelas 249 mortes na Boate Kiss/Santa Maria-RS serão punidos?
  • Você acha que as empresas, Vale e Samarco, serão punidas pelos estouros das barragens na cidade de Mariana?

Espere sentado! Nem daqui a 20 anos as indenizações serão pagas. É bem capaz de colocarem a culpa no Rio Doce.

No dia 21 de fevereiro de 2013 • 16:05, editamos neste blog a seguinte postagem:

Na época registramos, eis as perguntas que devem ser feitas aos maus empresários. Mais vale um sentido figurado transparente que tentar produzir um real incompleto. Que os microfones e gravadores lhes sejam colocados na ponta do nariz, justamente onde desfila o óbvio. Perguntas secas e diretas para que tenham a hombridade desmanchar tudo de ruim já fizeram.
MAUS EMPRESÁRIOS, NAS ENTRELINHAS DOS NOTICIÁRIOS, ESTÁ ESCRITO O SEGUINTE (aqui exemplificamos 5 das 36 perguntas registradas):

  1. Quantos políticos você já comprou?
    2. Quantos sindicalistas já comprou?
    3. Quantas leis já mandou fazer?
    4. Você tem noção dos prejuízos que já causou ao Brasil fazendo doações aos políticos?
    5. Você tem noção de quantos colarinhos brancos já produziu para a vida?

CONSCIÊNCIA INTERATIVA:
#REFORMAGERALdoEstadoBrasileiro
As democracias desenvolvidas sempre têm escolas e cadeias.
Preferimos ter um inimigo constante que um amigo ausente.
A simplicidade nunca fica sozinha.
Trabalhe mais, faça mais e permita que outros façam.
Onde o vento faz a curva, você encontra as mãos que pensam e os pés que enxergam.
Vamos balançar o mundo de coisas prontas.
Os comentários anteriores são nossos esteios.
Chacattis Tadadota
Continua

 

Agradecemos seu comentário, seja breve, interaja e volte sempre.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: