NUNCA SE ESQUEÇA DOS LIXEIROS AINDA MAIS NO NATAL

O MAIS INTERESSANTE DO LIXO É QUE NADA SERÁ PERDIDO

Tem sido assim mesmo antes de Lavoisier. O lixo é o único ser vivente que fica para a eternidade. Mas, é o mais incompreendido e injustiçado.
Afinal, lixo induz e sempre será a maior antítese humana. Não há como dissociar “lixos e fraquezas”, está tudo implícito nas camuflagens das “espertezas humanas”. Um convívio antagônico e inseparável.
O lixo humano.
Os lixos são sempre os dos outros. Os meus, não os tenho. Quem suja és tu. O eu não é solidário com os lixos. O eu refere-se ao tu como se nada tivesse com isso.
Lixo fede, é contaminado, causa doença e arrepios. Carniça, coisa de moscas, ratos e urubus. Porém, mostra a tua educação, culturas passadas, moídas, inventadas e presentes.
Tu sabes que o lixo é hereditário?
Do teu sangue releva comportamentos milenares. Quantos lixos tu liberas e prosperas?
Pois é, ele mostra a dedicação e alegria que tu sentes pela vida, o quanto tu amas o teu próximo. O quanto tu preservas a natureza. Tu nunca terás o sabor de fugir desta antítese. Um tu covarde com os próprios lixos e fraquezas. Um eu egoísta, solitário e perverso.
E o lixeiro, quem é o lixeiro?
Não é o teu eu que sempre te lavas e nem os “eus” escondidos nos “tus” da vida. Deles, os “eus e tus” se escondem.
Sim, é aquele que cata os teus lixos e preserva até mesmo o teu pudor. Uma correria de sobe e desce, varre, vira e cata, absorvendo de ti as impurezas da alma.
O que farias tu com teus lixos?
Teus latrocínios individuais que só tu sabes bem.
Mas, esqueces dele com facilidade.
Quem se lembraria dos próprios lixos?
O lixo é um condenado ao esquecimento, mas vivo diante teus olhos, pronto para te atormentar como varejeira.
O esquecimento do lixo é tão sério que fica escondido nas estatísticas e pesquisas.
A categoria dos lixeiros não é considerada como uma instituição da vida humana. Sequer, figura nos rankings de confiabilidade. Até os políticos têm mais credibilidade que os lixeiros, pois pelo menos, figuram nas listas de pesquisas de opinião pública, apesar do último lugar.
Isso é mal de raiz, na mais nova pesquisa do IBOPE, publicada em 26/11/2009, sobre a credibilidade das instituições brasileiras, lá não há a identificação ou reconhecimento sobre os lixeiros. Talvez, estejam embutidos em pesquisa/IBOPE realizada em 01/03/1999. Onde, as prefeituras municipais, com 38% de credibilidade, prestavam serviços mais eficientes que as instituições estaduais e federais.
Os governos das cidades têm índice de confiança com pontuação 53, abaixo dos brasileiros em geral. E os lixeiros, quantos pontos tiveram?
Quem tiver uma pesquisa recente sobre a confiabilidade dos lixeiros, que a apresente antes do carnaval. Quem sabe ainda há tempo de resgatar essa tremenda injustiça.
Muitos só sabem que os lixeiros existem no natal, e depois de muita imploração, reservam a eles os piores vinhos das prateleiras e até mesmo os restos das farras.
Puros coitados que aguardam agora os restos do natal.
É isso, nunca se esqueça dos lixeiros, principalmente no natal

Está postagem é uma reprodução já publicada em blogs anteriores:

– quinta-feira, 3 de março de 2011 – NUNCA SE ESQUEÇA DOS LIXEIROS http://www.homemarketing.com.br/service04%20-%20Prog%2017-FUR-TSUNAMIDADEMOCRACIA9C.htm
– 20/12/2009 – 22:00 NUNCA SE ESQUEÇA DOS LIXEIROS -Não clique neste link, o blog foi desaparecido dentro do Google Blogger http://www.furatudo.com/2009/12/nunca-se-esqueca-dos-lixeiros.html
A simplicidade nunca fica sozinha. Trabalhe mais, faça mais e permita que outros façam.
Onde o vento faz a curva, você encontra as mãos que pensam e os pés que enxergam. Vamos balançar o mundo de coisas prontas.
Os comentários anteriores são nossos esteios.
Chacattis Tadadota
Continua…

Agradecemos seu comentário, seja breve, interaja e volte sempre.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: